fbpx

Cultura em casa, de graça e quando você quiser!

Especialista na implantação e gestão de políticas públicas, a Sustenidos Organização Social de Cultura compartilha com o público o resultado dos programas administrados por ela, como Projeto Guri, Imagine Brazil, Ethno Brazil e MOVE (Musicians and Organizers Volunteer Exchange). A ação, que já ocorria, será intensificada a partir desta semana com a campanha #VamosDeMúsica reafirmando nossa missão de “promover, com excelência, o desenvolvimento humano de gerações em formação”.

#VamosDeMúsica? Siga a Sustenidos e acompanhe a programação nas nossas mídias sociais!

 Facebook          Instagram          Twitter          LinkedIn 

Apresentações ao vivo

De 01 de abril a 31 de julho apresentamos diversas lives na nossa página oficial no Facebook. Foram 37 encontros em 4 meses, que contaram com a participação de alunos, ex-alunos, profissionais do Projeto Guri, integrantes dos programas administrados pela Sustenidos ou artistas convidados.

Perdeu alguma apresentação? Você pode assistir aqui!

31/07/2020 – 15h – Ana Lucia Lopes, Valeria Zeidan e Fabiola Formicola conversam sobre o tema “Música e sensibilidade não entram em quarentena – reflexões sobre a relevância do fazer musical durante o período de isolamento social”

“Música e sensibilidade não entram em quarentena – reflexões sobre a relevância do fazer musical durante o período de isolamento social”

#VamosDeMúsicaParticipe da live “Música e sensibilidade não entram em quarentena – reflexões sobre a relevância do fazer musical durante o período de isolamento social”, com Ana Lucia Lopes e mediação de Valeria Zeidan e Fabiola Formicola. O evento será nesta sexta-feira, dia 31 de julho, às 15h, no Facebook da Sustenidos.Marque a sua presença clicando no botão "Receber lembrete": https://bit.ly/sustenidoslivesVenha conversar e interagir. Sua participação é essencial!Ana Lucia – Doutora em Antropologia Social pela USP, com ênfase em Antropologia das Populações Afro-Brasileiras, Antropologia na área de Educação e Antropologia Urbana e atua principalmente nos seguintes temas: identidade, cultura, educação, relações étnico-raciais, juventude, infância, políticas públicas. Foi Coordenadora de Planejamento Curatorial, Coordenadora do Núcleo de Educação e integrante do Comitê Interdisciplinar para implantação do Museu Afro Brasil, além de ter atuado como Coordenadora Executiva do Programa Cultura e Cidadania para Inclusão Social, Fábricas de Cultura, SEC/BID e Consultora em Educação para o Projeto Guri.Valéria Zeidan – Musicista com formação em piano, mestra em Educação, Arte e História da Cultura pelo Instituto Presbiteriano Mackenzie, pós-graduada em Arte-terapia e bacharel em percussão. Destaca-se na área pedagógica musical trabalhando como Gerente pedagógica do Projeto Guri gerido pela Sustenidos desde 2016, além de ter exercido o cargo de coordenação artística, musical e pedagógica do Programa Guri Santa Marcelina, participado como consultora de música do Programa Fábricas de Cultura, foi ainda professora de linguagem musical da Universidade Livre de Música e professora da Escola Municipal de Iniciação Artística – EMIA. Desenvolve intensa atividade artística como integrante dos grupos "Mawaca", "Mutrib" e "Fogueira das Rosas", além de participar de grupos camerísticos, espetáculos teatrais e shows de música popular.Fabiola Formicola – Formada em Arte Educação pelo Instituto de Artes da Unesp e pós-graduada em Gestão de Organizações Sociais de Terceiro Setor. Foi formadora de Artes, Cultura, Ética e Formação de lideranças comunitárias no SENAC SP. Atuou no educativo de exposições e Museus Paulistas por 8 anos. Atualmente está Gerente de Desenvolvimento Social na Sustenidos onde trabalha como formadora de pessoas e gestora, atua na área de projetos socioculturais de terceiro setor há 23 anos.#CulturaEmCasa#ProjetoGuriEmCasa

Publicado por Sustenidos em Sexta-feira, 31 de julho de 2020

Ana Lucia é doutora em Antropologia Social pela USP, com ênfase em Antropologia das Populações Afro-Brasileiras, Antropologia na área de Educação e Antropologia Urbana e atua principalmente nos seguintes temas: identidade, cultura, educação, relações étnico-raciais, juventude, infância, políticas públicas. Foi Coordenadora de Planejamento Curatorial, Coordenadora do Núcleo de Educação e integrante do Comitê Interdisciplinar para implantação do Museu Afro Brasil, além de ter atuado como Coordenadora Executiva do Programa Cultura e Cidadania para Inclusão Social, Fábricas de Cultura, SEC/BID e Consultora em Educação para o Projeto Guri.

Valéria Zeidan é musicista com formação em piano, mestra em Educação, Arte e História da Cultura pelo Instituto Presbiteriano Mackenzie, pós-graduada em Arte-terapia e bacharel em percussão. Destaca-se na área pedagógica musical trabalhando como Gerente pedagógica do Projeto Guri gerido pela Sustenidos desde 2016, além de ter exercido o cargo de coordenação artística, musical e pedagógica do Programa Guri Santa Marcelina, participado como consultora de música do Programa Fábricas de Cultura, foi ainda professora de linguagem musical da Universidade Livre de Música e professora da Escola Municipal de Iniciação Artística – EMIA. Desenvolve intensa atividade artística como integrante dos grupos “Mawaca”, “Mutrib” e “Fogueira das Rosas”, além de participar de grupos camerísticos, espetáculos teatrais e shows de música popular.

Fabiola Formicola é formada em Arte Educação pelo Instituto de Artes da Unesp e pós-graduada em Gestão de Organizações Sociais de Terceiro Setor. Foi formadora de Artes, Cultura, Ética e Formação de lideranças comunitárias no SENAC SP. Atuou no educativo de exposições e Museus Paulistas por 8 anos. Atualmente está Gerente de Desenvolvimento Social na Sustenidos onde trabalha como formadora de pessoas e gestora, atua na área de projetos socioculturais de terceiro setor há 23 anos.

29/07/2020 – 15h – Bate-papo entre Julio Possette e Rebeca Alfaro com o tema “Violoncelo para:!?”

Live “Violoncelo para:!?” – Julio Possette e Rebeca Alfaro.

#VamosDeMúsicaA live de ontem (29/7), sofreu algumas instabilidades na transmissão. Por isso, vamos retransmitir hoje (30/7), às 19h, a apresentação “Violoncelo para:!?”, com os músicos Julio Possette e Rebeca Alfaro. No evento, os artistas conversaram sobre o papel do violoncelo em suas trajetórias, evidenciando como o instrumento pode ser um caminho para novas amizades, para abrir portas, conhecer novas possibilidades, abranger gosto musical, ter foco, criar novos objetivos, construir caminhos mais seguros, fazer música, dar aulas, aprender com os alunos, tocar em grandes teatros, etc.#CulturaEmCasa#ProjetoGuriEmCasa

Publicado por Sustenidos em Quinta-feira, 30 de julho de 2020

Na live, os artistas conversam sobre o papel do violoncelo em suas trajetórias, evidenciando como o instrumento pode ser um caminho para novas amizades, para abrir portas, conhecer novas possibilidades, abranger gosto musical, ter foco, criar novos objetivos, construir caminhos mais seguros, fazer música, dar aulas, aprender com os alunos, tocar em grandes teatros, etc.

Julio Possette é professor efetivo de violoncelo na Escola Municipal de Artes “Jupyra Cunha Marcondes”, endorser Vivace e Supervisor Educacional de cordas friccionadas no Projeto Guri, onde atua desde 1998.

Rebeca Alfaro é formada em piano erudito e popular pelo Conservatório Jupyra Cunha Marcondes, onde também se formou em canto popular. Já trabalhou com diversos coros e atualmente é supervisora educacional nas áreas de canto coral, iniciação musical e fundamentos da música no Projeto Guri.

24/07/2020 – 15h – Marcelo Jardim e Ary Junior dialogam sobre “Bandas de Música do Projeto Guri: Organização, Planejamento e Dinâmica de Ensaio”

https://www.facebook.com/watch/?v=770113307061479

O Maestro Marcelo Jardim e Ary Junior (Coordenador Artístico Pedagógico de Sopros do Projeto Guri), conversam sobre o desenvolvimento pedagógico e artístico dos(as) alunos(as) das Bandas de Música, tendo na figura do educador regente uma grande importância como elemento motivador do ensino e aprendizado.

Marcelo Jardim é professor de Regência de Banda e Prática de Orquestra da Escola de Música da UFRJ, na qual é também diretor artístico e diretor musical da Orquestra de Sopros da UFRJ. Bacharel e mestre em Regência pela UFRJ e doutor pela UNIRIO, com a tese “A Banda do Villa: a Obra para Banda de Heitor Villa-Lobos”. É consultor artístico e coordenador pedagógico dos Painéis Funarte de Bandas de Música e responsável pelo Projeto de Edições de Partituras para Banda, da mesma instituição. É membro do conselho diretor da World Association for Symphonic Bands and Ensembles. Atua como professor convidado em festivais e seminários, e como regente convidado em orquestras sinfônicas e bandas sinfônicas no Brasil, América Latina, Europa e Estados Unidos. Trabalha sistematicamente no estímulo para a produção de novas obras e arranjos para bandas sinfônicas e orquestra de sopros.

Ary da Silveira Junior iniciou seus estudos de música com o pai e de trompa com o Profº Enzo Pedini na Escola Municipal de Música – SP. Graduado em trompa pela Universidade São Judas Tadeu – SP, licenciado em Arte pelo Centro Universitário Belas Artes – SP, pedagogo e Pós Graduado em Docência no Ensino Superior pela Universidade Cidade de São Paulo. Mestre em música pela Universidade Federal da Bahia – BA. Trompista da Banda Musical do Belem, da Orquestra Filarmônica Jahn Sorheim desde 1985 e da Orquestra Jazz Sinfônica Brasil desde 1998. Atua como Coordenador Artístico Pedagógico da Sustenidos – Organização Social de Cultura, regente e professor de trompa do CEMEAR – Centro Municipal de Educação e Arte e do Conservatório Municipal, ambos da cidade de Guarulhos – SP.

22/07/2020 – 15h – Bate-papo entre as educadoras musicais Marisa Trench Fonterrada e Teca Alencar de Brito, mediado pela educadora musical e Superintendente Educacional da Sustenidos, Claudia Freixedas com o tema “Conversas sobre a educação musical no século XXI”

https://www.facebook.com/watch/?v=3390415667656990

No encontro, vários aspectos sobre educação musical serão tratados, tais como:

  • A música como uma ferramenta a serviço da formação integral do ser humano e da promoção de um fazer musical expressivo, criativo e reflexivo.
  • O foco nas aprendizagens dialógicas, atentas às necessidades, interesses e nas relações entre os elementos dos grupos.
  • Uma educação musical que favorece a participação de todos na construção do fazer musical coletivo, baseado na cooperação e na solidariedade, desenvolvendo a autonomia, o respeito e a cidadania.

Teca Alencar de Brito é Doutora e Mestre em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP, Bacharel em Piano e Licenciada em Educação Artística, com Habilitação em Música. É professora e pesquisadora aposentada no Departamento de Música da USP – Universidade de São Paulo. Criou, há trinta e cinco anos, a Teca Oficina de Música, núcleo de educação musical, em São Paulo, voltado à formação de crianças, adolescentes, adultos e educadores. Tem diversos artigos publicados, além dos livros: Música na Educação Infantil – propostas para a formação integral da criança; Koellreutter Educador – o humano como objetivo da educação musical; Hans-Joachim Koellreutter – ideias de mundo, de música, de educação; Um jogo chamado música – escuta, experiência, criação, educação; além dos livros/cds Quantas Músicas tem a Música? ou Algo Estranho no Museu; De Roda em Roda: Brincando e Cantando o Brasil; todos editados pela Editora Peirópolis. Produziu sete CDs documentando a produção musical de crianças e adolescentes da TECA – Oficina de Música. Membro do FLADEM, Fórum Latinoamericano de Educação Musical, tendo sido vice-presidente no biênio 2015-2017.

Marisa Fonterrada tem graduação em Música (Bacharelado) pela Universidade São Judas Tadeu (1977), mestrado em Psicologia da Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1991), doutorado em Antropologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1996) e é Professor Livre-Docente em Técnicas de Musicalização pelo Instituto de Artes da UNESP. Atualmente é aposentado do Instituto de Artes da UNESP, trabalhando como voluntária no Programa de Pós-graduação em Música – Mestrado e Doutorado. Nos anos de 2008 e 2009 foi responsável pela instalação e coordenou a ETEC de Artes do Centro de Educação Tecnológica “Paula Souza”, da Secretaria de Estado do Desenvolvimento de São Paulo. Coordenadora da. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Música, atuando principalmente nos seguintes temas: educação musical, música, canto coral, ecologia acústica e A disciplina Artes no ensino fundamental, médio e superior.

Claudia Freixedas é Superintendente Educacional da Sustenidos Organização Social de Cultura, Educadora musical e flautista doce. Mestre em Música na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de SP (ECA-USP – 2015). Especialista em Capacitação docente em Música Brasileira pela Universidade Anhembi Morumbi (2004). Graduada em Educação Artística com Habilitação em Música pela USP (1991).. Atua em redes municipais e particulares na formação de professores de música do ensino fundamental e infantil, além de ministrar oficinas sobre a prática da flauta doce e sua didática. Atua como flautista doce em grupos de Música de Câmara. Professora na Faculdade Integral Cantareira-SP, desde 2013. Foi professora na Escola Municipal de Iniciação Artística (EMIA-SP) e na Faculdade de Música FAAM-SP. Atua em redes municipais e particulares na formação de professores de música do ensino fundamental e infantil, além de ministrar oficinas sobre a prática da flauta doce e sua didática. Atua como flautista doce em grupos de Música de Câmara.

17/07/2020 – 15h – Lilia Romero Soto apresenta “Viaje Musical por el Perú: Música, instrumentos y canciones de la costa, sierra y selva”

#VamosDeMúsicaA musicista e compositora peruana Lilia Romero Soto apresenta a live “Viaje Musical por el Perú: Música, instrumentos y canciones de la costa, sierra y selva”. O evento será nesta sexta-feira, dia 17 de julho, às 15h, no Facebook da Sustenidos.Marque a sua presença clicando no botão "Receber lembrete": https://bit.ly/sustenidoslivesVenha conversar e interagir. Sua participação é essencial!Na apresentação, conheceremos instrumentos e músicas tradicionais e populares do Peru, alguns em idiomas nativos e outros em espanhol. As culturas amazônicas, andinas e afro-peruanas nos abordam a partir de canções, ritmos e histórias.A transmissão ocorrerá em Lima, Peru, no espaço da associação cultural "Art to Grow", que possui uma proposta pedagógica aberta que promove a exploração, a comunicação e a criatividade. A sessão musical é destinada ao público familiar, músicos, cantores, educadores musicais e pessoas interessadas em conhecer, tocar e cantar músicas do mundo.Lilia Romero Soto é música, compositora, educadora musical e diretora de conjuntos musicais. É fundadora da aRTE para cRECER, associação cultural que desenvolve há 30 anos uma proposta de educação musical, cujos objetivos são pesquisa e disseminação cultural em espaços pedagógicos, permitindo que as crianças integrem, conheçam, respeitem e valorizem diversas culturas da música, jogos e arte.Lilia possui um Diploma em Treinamento e Atualização em Gestão Cultural na Pontificia Universidad Católica del Perú. É Presidente do Fórum Latino-Americano de Educação Musical – FLADEM (2017-2019), atualmente ocupa o cargo de Secretária Geral.–Versão em espanhol— El Perú es un país multicultural. Si bien es considerado un país andino porque la Cordillera de los Andes lo atraviesa de norte a sur, también lo divide de oeste a este teniendo grandes diferencias geográficas y variadas regiones. La costa es desértica y grandes extensiones de terreno deben ser irrigadas para poder cultivar y vivir en ellas. En la sierra encontramos poblaciones que viven incluso a más de 4,000 metros de altura y la selva amazónica es la región más grande del Perú con la mayor cantidad de lenguas originarias, pero también la menos conocida. Los habitantes de todas estas regiones tienen variadas culturas e incluso lenguas propias. En esta sesión musical conoceremos instrumentos y músicas tradicionales y populares del Perú, algunas en lenguas originarias y otras en español. Culturas amazónica, andina y afroperuana se acercan a nosotros desde las canciones, ritmos e historias. La transmisión se realizará desde Lima, Perú en el espacio de la asociación cultural “Arte para Crecer”, que tiene una propuesta pedagógica abierta que promueve la exploración, la comunicación y creatividad. También cuentan con variados instrumentos, que forman parte de una colección que proyecta ser un museo de instrumentos musicales del Perú y el mundo. La sesión musical está dirigida a público familiar, músicos, cantantes, educadores musicales y personas interesadas en conocer, tocar y cantar músicas del mundo. Lilia Romero Soto es músico, compositora, educadora musical y directora de conjuntos musicales. Es fundadora de aRTE para cRECER, asociación cultural que desarrolla desde hace 30 años una propuesta de educación musical que tiene entre sus objetivos la investigación y difusión cultural en espacios pedagógicos permitiendo que los niños y niñas se integren, conozcan, respeten y valoren a las diversas culturas desde la música, el juego y el arte. Es Diplomada en Formación y Actualización en Gestión Cultural en Pontificia Universidad Católica del Perú. Presidenta del Foro Latinoamericano de Educación Musical – FLADEM (2017-2019), actualmente ocupa el cargo de Secretaria General.Conheça mais sobre a artista:Links: https://www.facebook.com/arteparacrecerhttp://www.arteparacrecer.org/#CulturaEmCasa#ProjetoGuriEmCasa

Publicado por Sustenidos em Sexta-feira, 17 de julho de 2020

O Peru é um país multicultural. Embora seja considerado um país andino porque a Cordilheira dos Andes o atravessa de norte a sul, também o divide de leste a oeste, apresentando grandes diferenças geográficas e regiões variadas. A costa é desértica e grandes áreas de terra devem ser irrigadas para que se possa cultivar e viver nelas. Nas montanhas, encontramos populações que vivem até mais de 4.000 metros acima do nível do mar e a floresta amazônica é a maior região do Peru, com o maior número de línguas nativas, mas também a menos conhecida. Os habitantes de todas essas regiões têm várias culturas e até línguas próprias.

Nesta apresentação musical, conheceremos instrumentos e músicas tradicionais e populares do Peru, alguns em idiomas nativos e outros em espanhol. As culturas amazônica, andina e afro-peruana nos abordam a partir de canções, ritmos e histórias.

A transmissão ocorrerá em Lima, Peru, no espaço da associação cultural “Art to Grow”, que possui uma proposta pedagógica aberta que promove a exploração, a comunicação e a criatividade. Eles também têm vários instrumentos, que fazem parte de uma coleção que planeja ser um museu de instrumentos musicais do Peru e do mundo. A sessão musical é destinada ao público familiar, músicos, cantores, educadores musicais e pessoas interessadas em conhecer, tocar e cantar músicas do mundo.

Lilia Romero Soto é música, compositora, educadora musical e diretora de conjuntos musicais. É fundadora da aRTE para cRECER, associação cultural que desenvolve há 30 anos uma proposta de educação musical, cujos objetivos são pesquisa e disseminação cultural em espaços pedagógicos, permitindo que as crianças integrem, conheçam, respeitem e valorizem diversas culturas da música, jogos e arte.

Lilia possui um Diploma em Treinamento e Atualização em Gestão Cultural na Pontificia Universidad Católica del Perú. É Presidente do Fórum Latino-Americano de Educação Musical – FLADEM (2017-2019), atualmente ocupa o cargo de Secretária Geral.

15/07/2020 – 15h – Los Musiqueros e Karina Malvacini apresentam “Los Musiqueros, música y palabras”

https://www.facebook.com/Sustenidoscultura/videos/332912561206623/

Na Argentina, a palavra musiquero define o músico que toca em qualquer lugar a qualquer hora, em relação estreita com o público. A ideia de música compartilhada é o que define o grupo Los Musiqueros, por 32 anos. Teresa Usandivaras, Julio Calvo e Pablo Spiller cantam e convidam crianças e adultos para cantar músicas de todos os lugares: desde o deserto de Kalahari aos Andes, das canções tradicionais latino-americanas, africanas e europeias. Como um abraço musical, tudo soa como objetos do cotidiano: mesas, panelas, tubos e luvas de cozinha junto à violões, flautas e tambores. Los Musiqueros já ganhou o Prêmio Gardel para Melhor álbum de música infantil em 2011, Prêmio ACE para Melhor álbum de música infantil em 1996, Prêmios Gardel de Melhor CD música infantil em 2006 e Prêmio ATINA para Melhor música de espetáculo infantil em 2010.Karina Malvicini é uma educadora musical argentina com experiência em escolas infantis e formação de professores. Coautora com Los Musiqueros do livro “Los Musiqueros, Música e Palabras” e de ‘Raiz de Niño” entre outras publicações. Seu principal enfoque se baseia na ideia de que música se ensina e se apreende através da experiência lúdica, emotiva e prazerosa. Karina é formadora da ESSARP (Educadores Asociados del Río de la Plata) membro e professora do CEFCON (Centro de Formación Constructivista) e professora da disciplina Didáctica de la Música I y II do Conservatório Superior de Música Astor Piazzolla.

13/07/2020 – 15h – 30 anos de criação do ECA: Estatuto da Criança e do Adolescente

ECA 30 ANOS – Cultura, Direito, Proteção e Transformação social

Venha celebrar os 30 anos de criação do ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente!Participe da conversa online entre Anna Luiza Calixto, Alexandre Gil, Fábio Silvestre da Silva e João Victor Sandoval, com mediação de Fabiola Formicola. O bate-papo será transmitido ao vivo, no Facebook da Sustenidos Organização Social de Cultura, no dia 13 de julho, às 15h, com acesso a todos(as). Mais detalhes no site da Sustenidos: https://bit.ly/ECA30ANOS

Publicado por Sustenidos em Segunda-feira, 13 de julho de 2020

Uma conversa online entre Anna Luiza Calixto, Alexandre Gil, Fábio Silvestre da Silva e João Victor Sandoval, com mediação de Fabiola Formicola.

10/07/2020 – 15h – Alisson Amador apresenta “Improvisação e composição: meios para desenvolver a criatividade e a sensibilidade”

Improvisação e composição: meios para desenvolver a criatividade e a sensibilidade – Alisson Amador

#VamosDeMúsicaMarque presença na live “Improvisação e composição: meios para desenvolver a criatividade e a sensibilidade”, com o violonista, percussionista e compositor, Alisson Amador. O evento será nesta sexta-feira, dia 10 de julho, às 15h, no Facebook da Sustenidos.No encontro, Alisson expõe como o nosso modo de vida pode incluir mais criação, com ações de estímulo a criatividade e sensibilidade por meio de conversas, histórias e muita música.O músico já trabalhou em diversas vertentes musicais como: música contemporânea, choro, improvisação livre, música orquestral e música instrumental brasileira. Atualmente está gravando dois discos, um solo e outro com Caio Chiarini e a Contrabanda. Também é pesquisador e mestrando pela UNESP e sua pesquisa está relacionada ao uso do vibrafone na música instrumental brasileira. Apesar da ampla atuação deste jovem músico, seu trabalho principal está voltado à composição e ele possui atualmente mais de 350 obras para diversas formações e gêneros musicais.Venha conversar e interagir. Sua participação é essencial! https://bit.ly/sustenidoslivesConheça mais sobre o artista:Facebook – https://www.facebook.com/alissonamadoraaa/Instagram – https://www.instagram.com/alissonantonioamador/Youtube – https://www.youtube.com/channel/UCTRnHs6IkRF3te4F0RKWEjA?view_as=subscriber#CulturaEmCasa#ProjetoGuriEmCasa

Publicado por Sustenidos em Sexta-feira, 10 de julho de 2020

No encontro, Alisson expõe como o nosso modo de vida pode incluir mais criação, com ações de estímulo a criatividade e sensibilidade por meio de conversas, histórias e muita música.

O músico já trabalhou em diversas vertentes musicais como: música contemporânea, choro, improvisação livre, música orquestral e música instrumental brasileira.

Atualmente está gravando dois discos, um solo e outro com Caio Chiarini e a Contrabanda. Também é pesquisador e mestrando pela UNESP e sua pesquisa está relacionada ao uso do vibrafone na música instrumental brasileira. Apesar da ampla atuação deste jovem músico, seu trabalho principal está voltado à composição e ele possui atualmente mais de 350 obras para diversas formações e gêneros musicais.

08/07/2020 – 15h – Aniela Rovani e Rafael Cardoso apresentam “Música de Interior”

#VamosDeMúsicaO duo Aniela Rovani e Rafael Cardoso apresentam a live “Música de Interior”.O evento será nesta quarta-feira, dia 08 de julho, às 15h, no Facebook da Sustenidos.No repertório obras do cancioneiro caipira, consolidado na região da “paulistânia”, conforme delimita Antonio Cândido em seu livro “Os parceiros do rio bonito”. Além das tradicionais toadas, querumanas, cururus e batuques, o repertório considera as apropriações das culturas fronteiriças vizinhas, como a guarânia paraguaia, o chamamé argentino entre outros. Com canto solista e duetado, acompanhados de violão e viola caipira, o duo adiciona ao seu roteiro composições próprias e conduzem suas apresentações de forma dinâmica, com arranjos que tonam a interpretação única e muito profunda, explorando as possibilidades timbrísticas e interpretativas da formação.Marque a sua presença clicando no botão "Receber lembrete": https://bit.ly/sustenidoslivesVenha conversar e interagir. Sua participação é essencial!Conheça mais sobre os artistas:SITE: https://www.musicadeinterior.com/ INSTAGRAM: https://www.instagram.com/musicadeinterior/ CANAL DO YOUTUBE: https://www.youtube.com/channel/UCKZLRleTY9cuCHVfHO8A-LQFACEBOOK: https://www.facebook.com/M%C3%BAsica-de-Interior-107098484305638#CulturaEmCasa#ProjetoGuriEmCasa

Publicado por Sustenidos em Quarta-feira, 8 de julho de 2020
Música de inteirior

Publicado por Sustenidos em Quarta-feira, 8 de julho de 2020

No repertório, obras do cancioneiro caipira, além de tradicionais toadas, querumanas, cururus e batuques. A apresentação pode ser acompanhada no Facebook da Sustenidos Organização Social de Cultura, instituição responsável pela gestão do Projeto Guri no interior, litoral paulista e polos da Fundação CASA. Maior programa sociocultural brasileiro, o Projeto Guri é mantido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo.

A apresentação é conduzida de forma dinâmica, com instrumentos de domínio dos intérpretes e pelo canto elaborado em duetos, que remete às duplas de casais como Cascatinha e Inhana, Nono e Naná, duo Glacial etc. Com arranjos diferenciados elaborados pelo Duo, algumas canções mais conhecidas pelo público em geral passam por transformações que tornam a interpretação única e muito profunda.

Aniela Rovani e Rafael Cardoso são cantores e instrumentistas. Aniela é formada em canto erudito, piano e regência pelo Conservatório de Tatuí e pós-graduada em música popular pela Faculdade Santa Marcelina. Cardoso é mestre pela Unicamp e graduado na Faculdade de Artes Alcântara Machado. Eles estrearam no II Festival da Canção Brasileira, promovido pelo SESI, em 2019, no qual Aniela e Rafael obtiveram a primeira colocação como melhor intérprete e canção vencedora do festival. 

03/07/2020 – 15h – Mariana Carvalho e Marco Mourão apresentam “Instrumentos Musicais com Materiais Recicláveis”

Instrumentos Musicais com Materiais Recicláveis – Mariana Carvalho e Marco Mourão

#VamosDeMúsicaMariana Carvalho e Marco Mourão apresentam a live “Instrumentos Musicais com Materiais Recicláveis”. O evento será nesta sexta-feira, dia 3 de julho, às 15h. O evento será no Facebook da Sustenidos. Mariana Carvalho é educadora do Projeto Guri nos polos São José do Rio Preto e José Bonifácio. A musicista, juntamente com seu esposo Marco Mourão, que também é músico, criaram oficina RECICLA-SOM, onde confeccionam instrumentos musicais com sucata e ensinam a tocá-los.A live vai ser muito especial, sua interação é essencial! Para as famílias que quiserem fazer os instrumentos durante a apresentação, aqui vai a lista dos itens necessários: -2 garrafas pet 2 litros (precisam ser iguais)-Miçangas coloridas ou arroz-1 lata de achocolatado 400g-1 lata de leite em pó 800g-2 bexigas-2 varetas de madeira (churrasco)-2 tiras de feltro (5 cm)-Cola-Tesoura sem ponta-Fita adesiva larga transparenteMarque a sua presença clicando no botão "Receber lembrete": https://bit.ly/sustenidoslivesConheça mais sobre os participantes:Facebook: https://www.facebook.com/marianacarvalho1985 / https://www.facebook.com/ marcomouraorpInstagram: @marianacarvalh_o / @marcomouraorpYouTube: /maricarvalho1985#CulturaEmCasa#ProjetoGuriEmCasa

Publicado por Sustenidos em Sexta-feira, 3 de julho de 2020

Mariana Carvalho e Marco Mourão ensinarão as crianças a produzirem instrumentos musicais a partir de materiais reciclados. A aula pode ser acompanhada no Facebook da Sustenidos, Organização Social de Cultura, instituição responsável pela gestão do Projeto Guri no interior, litoral paulista e polos da Fundação CASA. Maior programa sociocultural brasileiro, o Projeto Guri é mantido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo.

Mariana Carvalho é educadora do Projeto Guri nos Pólos de São José do Rio Preto e José Bonifácio. A musicista e Marco Mourão, que também é músico, criaram oficina RECICLA-SOM, onde confeccionam instrumentos musicais com sucata e ensinam a tocá-los. As crianças que quiserem acompanhar simuntaneamente a construção das peças devem ter em mãos os seguintes itens:

  • 2 garrafas pet 2 litros (precisam ser iguais)
  • Miçangas coloridas ou arroz
  • 1 lata de achocolatado 400g
  • 1 lata de leite em pó 800g
  • 2 bexigas
  • 2 varetas de madeira (churrasco)\
  • 2 tiras de feltro (5 cm)
  • Cola
  • Tesoura sem ponta
  • Fita adesiva larga transparente

01/07/2020 – 15h – Fabio Vanini apresenta “Procedimentos de desinfecção de instrumentos de cordas”

“Procedimentos de desinfecção de instrumentos de cordas”, com Fabio Vanini

#VamosDeMúsicaParticipe da live “Procedimentos de desinfecção de instrumentos de cordas”, com Fabio Vanini. O evento é nesta quarta-feira, 01 de julho, às 15h, no Facebook da Sustenidos.Marque a sua presença clicando no botão "Receber lembrete": https://bit.ly/sustenidoslivesFabio trabalha com luteria deste 1992, com violões, violas, cavaquinhos e rabecas e, desde 2005, violinos, violas, violoncelos e contrabaixos. Além de música, cursou marcenaria, entalhe artístico, escultura clássica tradicional, escultura digital, vernizes e também luteria de violinos, este últino na Bottega di Parma, Itália.Administrou um atelier de luteria em Campinas, associado a escola de luteria de cordas friccionadas e dedilhadas, manteve sociedade em atelier de luteria de instrumentos de cordas friccionadas em São Paulo, com o luthier Rafael Sando e mantém um atelier de luteria de instrumentos de cordas friccionadas em São Paulo.Venha conversar e interagir. Sua participação é essencial! Conheça mais sobre o nosso convidado: Instagram: @fabiovanini76#CulturaEmCasa#ProjetoGuriEmCasa

Publicado por Sustenidos em Quarta-feira, 1 de julho de 2020

Fabio trabalha com luteria deste 1992, com violões, violas, cavaquinhos e rabecas e, desde 2005, violinos, violas, violoncelos e contrabaixos. Além de música, cursou marcenaria, entalhe artístico, escultura clássica tradicional, escultura digital, vernizes e também luteria de violinos, este últino na Bottega di Parma, Itália.Administrou um atelier de luteria em Campinas, associado a escola de luteria de cordas friccionadas e dedilhadas, manteve sociedade em atelier de luteria de instrumentos de cordas friccionadas em São Paulo, com o luthier Rafael Sando e mantém um atelier de luteria de instrumentos de cordas friccionadas em São Paulo.

26/06/2020 – 15h – Carmem Costa apresenta “Canções para se fazer em casa”, com participação de Eduardo Panda

Canções para se fazer em casa – Carmem Costa e Eduardo Panda

#VamosDeMúsicaParticipe da live “Canções para se fazer em casa”, com Carmem Costa e Eduardo Panda. O evento é nesta sexta-feira, dia 26 de junho, às 15h.O evento será no Facebook da Sustenidos.Marque a sua presença clicando no botão "Receber lembrete": https://bit.ly/sustenidoslivesVenha conversar e interagir. Sua participação é essencial!Na live, Carmem Costa traz um repertório bastante variado de canções brasileiras, contendo obras de Cartola, Chico Buarque, Milton Nascimento, Luiz Tatit, Elomar, Dorival Caymmi, entre outros. Serão diferentes vocalidades acompanhada ao violão pelo músico Eduardo Panda Costa, parceiro de música e de vida há mais de 11 anos.Carmem Costa canta desde sempre. Estudou canto lírico com Yuka de Almeida Prado e já cantou os mais variados estilos em coros regidos por Flavio Florence, Gisele Cruz, Eduardo Fernandes, Snizhana Drahan, Miguel Felipe, Erik Westberg, Silvia Berg, entre outros. Educadora de nascença, trabalhou com vozes de todas as idades. Nos últimos anos vem também estudando percussão e acredita que são essenciais para a vida: o uso do corpo como instrumento, a liberdade de criação musical, o fazer musical coletivo e o movimento. Também é supervisora educacional no Projeto Guri.Eduardo Panda Costa é compositor, transcritor, arranjador, intérprete e analista de sistemas é formado em violão clássico pelo Conservatório Musical de Tatuí, onde integrou as turmas de Márcia Braga e Angela Muner. Participou de masterclasses e workshops com Villani-Côrtes, Arrigo Barnabé, Forrest Pierce, Geraldo Ribeiro, Gustavo Costa, Edelton Gloeden, Daniel Wolff, Fábio Zanon dentre outros. Teve aulas regulares de teoria e análise musical com Marcos Câmara de Castro e Rodolfo Coelho de Souza.Conheça mais sobre os artistas:Instagram: @carmemribeirocostaFacebook: https://www.facebook.com/CarmemCostaCanta/Instagram: @eduardopandacostaFacebook: https://www.facebook.com/eCostaRibeiro/https://www.youtube.com/user/mustpanda#CulturaEmCasa#ProjetoGuriEmCasa

Publicado por Sustenidos em Sexta-feira, 26 de junho de 2020

Carmem Costa traz um repertório variado de canções brasileiras, obras de Cartola, Chico Buarque, Milton Nascimento, Luiz Tatit, Elomar, Dorival Caymmi, Waldemar Henrique, Tom Jobim e Guinga. Explorando diferentes vocalidades, é acompanhada ao violão pelo músico Eduardo Panda Costa, parceiro de música e de vida há mais de 11 anos.

Carmem Costa canta desde sempre. Estudou canto lírico com Yuka de Almeida Prado e já cantou os mais variados estilos em coros regidos por Flavio Florence, Gisele Cruz, Eduardo Fernandes, Snizhana Drahan, Miguel Felipe, Erik Westberg, Silvia Berg, entre outros. Educadora de nascença, trabalhou com vozes de todas as idades. Nos últimos anos vem também estudando percussão pois acredita que é essencial para a vida: o uso do corpo como instrumento, a liberdade de criação musical, o fazer musical coletivo e o movimento. Também é supervisora educacional no Projeto Guri.

Eduardo Panda Costa é compositor, transcritor, arranjador, intérprete e analista de sistemas é formado em violão clássico pelo Conservatório Musical de Tatuí, onde integrou as turmas de Márcia Braga e Angela Muner. Participou de masterclasses e workshops com Villani-Côrtes, Arrigo Barnabé, Forrest Pierce, Geraldo Ribeiro, Gustavo Costa, Edelton Gloeden, Daniel Wolff, Fábio Zanon, dentre outros. Teve aulas regulares de teoria e análise musical com Marcos Câmara de Castro e Rodolfo Coelho de Souza.

24/06/2020 – 15h – Alisson Thales apresenta “A história do Acordeon Brasileiro, em suas múltiplas expressões”

A história do Acordeon Brasileiro, em suas múltiplas expressões – Alisson Thales

#VamosDeMúsicaParticipe da live “A história do Acordeon Brasileiro, em suas múltiplas expressões’, com Alisson Thales. O evento é nesta quarta-feira, dia 24 de junho, às 15h.Thales é cantor, compositor e acordeonista. Graduado em música, atualmente é professor de acordeão no Centro Cultural Matarazzo, também é educador de acordeão no Projeto Guri e regente da orquestra popular do Polo Regional de Presidente Prudente do Projeto Guri.O evento será no Facebook da Sustenidos.Marque a sua presença clicando no botão "Receber lembrete": https://bit.ly/sustenidoslivesVenha conversar e interagir. Sua participação é essencial!Conheça mais sobre o artista:FB: https://www.facebook.com/alissonthalescantor/IG: https://www.instagram.com/alissonthales/YT: https://www.youtube.com/user/alissonthales/featured?view_as=subscriber#CulturaEmCasa#ProjetoGuriEmCasa

Publicado por Sustenidos em Quarta-feira, 24 de junho de 2020

Thales é cantor, compositor e acordeonista. Graduado em música, atualmente é professor de acordeão no Centro Cultural Matarazzo, também é educador de acordeão no Projeto Guri e regente da orquestra popular do Polo Regional de Presidente Prudente do Projeto Guri.

19/06/2020 – 15h – Julio Possette media a live “Orquestras do Projeto Guri – Formação e Desenvolvimento”, com participação de André Sanches e Nelson Rechdan

Live Orquestras do Projeto Guri – Formação e Desenvolvimento

#VamosdeMúsicaO violoncelista Julio Possette media a live “Orquestras do Projeto Guri – Formação e Desenvolvimento”, com participação de André Sanches e Nelson Rechdan. O evento será nesta sexta-feira, 19 de junho, às 15h, no Facebook da Sustenidos. Marque a sua presença clicando no botão "Receber lembrete": https://bit.ly/sustenidoslives.Venha conversar e interagir. Sua participação é essencial!Julio é professor efetivo de violoncelo na Escola Municipal de Artes “Jupyra Cunha Marcondes” e Supervisor Educacional de cordas friccionadas no Projeto Guri, onde atua desde 1998. Nelson Rechdan é Bacharel e licenciado em música. Tocou com a Orquestra Sinfônica de Santo André, chefiou o naipe de contrabaixos da OSBM (Orquestra Sinfônica de Barra Mansa), acompanhando artistas como: Fafá de Belém, João Bosco, Simone Leitão, Apo Hsu, Alastair Willis, Daniel Guedes, acompanhou a orquestra do Balé Mariinsky da Rússia entre outros. André Sanches estudou violino e regência com professores de renome internacional e cursou o bacharelado em violino na UNICAMP, na classe do professor Natan Schwartzman.É regente e professor de violino em festivais de música como festival Musica na Serra em Lages (SC) e festival de Presidente Prudente (SP). Em Poços de Caldas (MG), no festival Musica nas Montanhas é professor assistente na classe de regência do maestro Jean Reis.Atua como Coordenador Artístico Pedagógico no Projeto Guri /Sustenidos Organização de Cultura, no Instituto Baccarelli, como professor de violino e regente e no núcleo de música de Barueri como professor de violino e violinista do Quarteto de Cordas de Barueri.Saiba mais sobre os artistas em suas redes sociais: Julio PossettiInstagram – juliopo7 / jupgraves_Facebook – Julio PossetteNelson RechdanInstagram: Nelson RechdanFacebook: Nelson RechdanAndré Sancheshttps://www.facebook.com/andre.sanchesnuneshttps://www.instagram.com/andresanchesnunes/?hl=pt-br#CulturaEmCasa#ProjetoGuriEmCasa

Publicado por Sustenidos em Sexta-feira, 19 de junho de 2020

Marque a sua presença clicando no botão “Receber lembrete”: https://bit.ly/sustenidoslives.

Julio é professor efetivo de violoncelo na Escola Municipal de Artes “Jupyra Cunha Marcondes” e Supervisor Educacional de cordas friccionadas no Projeto Guri, onde atua desde 1998.

Nelson Rechdan é Bacharel e licenciado em música. Tocou com a Orquestra Sinfônica de Santo André, chefiou o naipe de contrabaixos da OSBM (Orquestra Sinfônica de Barra Mansa), acompanhando artistas como: Fafá de Belém, João Bosco, Simone Leitão, Apo Hsu, Alastair Willis, Daniel Guedes, acompanhou a orquestra do Balé Mariinsky da Rússia entre outros.

André Sanches estudou violino e regência com professores de renome internacional e cursou o bacharelado em violino na UNICAMP, na classe do professor Natan Schwartzman.É regente e professor de violino em festivais de música como festival Musica na Serra em Lages (SC) e festival de Presidente Prudente (SP). Em Poços de Caldas (MG), no festival Musica nas Montanhas é professor assistente na classe de regência do maestro Jean Reis.Atua como Coordenador Artístico Pedagógico no Projeto Guri /Sustenidos Organização de Cultura, no Instituto Baccarelli, como professor de violino e regente e no núcleo de música de Barueri como professor de violino e violinista do Quarteto de Cordas de Barueri.Saiba mais sobre os artistas em suas red

17/06/2020 – 15h – Luciano Alves apresenta “Manutenção e cuidados com instrumentos de sopro”

Live – Manutenção e cuidados com instrumentos de sopro – Luciano Alves

#VamosDeMúsicaParticipe da live “Manutenção e cuidados com instrumentos de sopro”, com o luthier Luciano Alves. O evento é nesta quarta-feira, dia 17 de junho, às 15h.Alves é responsável pelo atelier da Yamaha musical do Brasil, com graduação no projeto AMIGO, da Yamaha Japão, para países da América Latina.O evento será no Facebook da Sustenidos.Marque a sua presença clicando no botão "Receber lembrete": https://bit.ly/sustenidoslivesVenha conversar e interagir. Sua participação é essencial!Conheça mais sobre o artista:Facebook: https://www.instagram.com/yamahamusicalbr /Instagram: https://www.facebook.com/luciano.beneditoalves.545#CulturaEmCasa#ProjetoGuriEmCasa

Publicado por Sustenidos em Quarta-feira, 17 de junho de 2020

Luciano Alves, é o luthier responsável pelo atelier da Yamaha Musical do Brasil, graduado no projeto AMIGO da Yamaha Japão para países da América Latina.

12/06/2020 – 15h – Saulo Bertolino apresenta “Música brasileira aplicada à bateria”

https://www.facebook.com/Sustenidoscultura/videos/3810090695728978/

Saulo é especialista em Educação Musical Novas Metodologias- USC- Bauru e Mestre em Educação peça Universidad Europea Del Atlantico – España.

10/06/2020 – 15h – Leo Castro apresenta “A poesia do samba”

https://www.facebook.com/Sustenidoscultura/videos/290626079000569/

Com mais de 20 anos dedicados à música, Leo Castro, além de educador musical no Projeto Guri, também é cantor e músico instrumentista, participa de movimentos culturais na cidade de São José dos Campos relacionados ao samba e ao choro. Em 2017 lançou seu primeiro álbum como intérprete no disco intitulado “Vai que vai” gravado no Rio de Janeiro, contando com a participação de renomados instrumentistas como: Jota Moraes, Aquiles, Rafael dos Anjos e Marcelinho Moreira, além de gravar compositores do cenário carioca como: Moacyr Luz, João Martins, Chiquinho vírgula, Lula Matos, Wagner Nascimento entre outros.

05/06/2020 – 15h – Leoni Pepe D’Adderi apresenta “O piano Brasileiro”

Live – O piano Brasileiro – Leoni Pepe D’Adderi

#VamosDeMúsicaLeoni Pepe D’Adderio apresenta uma visão panorâmica da música brasileira, desde Chiquinha Gonzaga, Villa-Lobos a Gilberto Gil. O evento será nesta sexta-feira, dia 5 de junho, às 15h. O público vai conferir dicas sobre o estudo do piano, respostas às dúvidas da audiência e até mesmo alguns jogos musicais. Leoni é pianista, arranjador e compositor, com bacharelado em piano, pós-graduação em Ensino de Piano e arranjo. Em Londres, estudou Composição para Filmes, na Goldsmiths University of London, Gravação em Estúdio na ACM (Academy of Contemporary Music) e Produção Musical na Citylit University. Como arranjador, escreve para orquestras na Europa e por todo o Brasil, além de grandes nomes da música Brasileira, como Flavio Venturini, Guilherme Arantes e Daniel.O evento será no Facebook da Sustenidos.Marque a sua presença clicando no botão "Receber lembrete": https://bit.ly/sustenidoslivesVenha conversar e interagir. Sua participação é essencial!Conheça mais sobre o artista:YouTube: https://www.youtube.com/user/leonipepianoFacebook: https://www.facebook.com/leonipianist/Instagram: www.intagram.comleonidadderio#CulturaEmCasa#ProjetoGuriEmCasa

Publicado por Sustenidos em Sexta-feira, 5 de junho de 2020

Nesta live, Leoni Pepe D’Adderi apresenta uma visão panorâmica da música brasileira, desde Chiquinha Gonzaga, Villa-Lobos a Gilberto Gil. Terá também alguns jogos musicais, dicas sobre o estudo do piano e respostas às dúvidas da audiência.

Leoni é pianista, arranjador e compositor. Tem bacharelado em piano, pós-graduação em Ensino de Piano e arranjo. Em Londres,  estudou Composição para Filmes na Goldsmiths University of London, Gravação em Estúdio na ACM (Academy of Contemporary Music) e Produção Musical na Citylit University. Como arranjador, escreve para orquestras na Europa e por todo o Brasil além de grandes nomes da música Brasileira como Flavio Venturini, Guilherme Arantes e Daniel.

03/06/2020 – 15h – Paulo Renato apresenta “Grandes violonistas/compositores da história do Violão”

Live – Grandes violonistas e compositores da história do Violão – Paulo Renato

#VamosDeMúsicaParticipe da live “Grandes violonistas e compositores da história do Violão”, com o músico Paulo Renato. O evento é nesta quarta-feira, dia 3 de junho, às 15h. Por meio da interpretação e comentários, Paulo fará um panorama de grandes figuras da história do violão. Nomes como Fernando Sor, Francisco Tárrega, Heitor Villa Lobos, entre outros.Violonista formado pelo Conservatório Brasileiro de Música no Rio de Janeiro, Paulo Renato atua como concertista e ministra aulas particulares de violão. Também é Educador Musical no Projeto Guri e regente do Grupo de Referência Araçatuba – Camerata de Violões.O evento será no Facebook da Sustenidos.Marque a sua presença clicando no botão "Receber lembrete": https://bit.ly/sustenidoslivesVenha conversar e interagir. Sua participação é essencial!Conheça mais sobre o artista:Facebook: https://www.facebook.com/paulorenato.lourenco.5Instagram: www.instagram.com/paulorenatolourenco/YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCS8MV6mlnanhzGOch-_44pg?view_as=subscriber#CulturaEmCasa#ProjetoGuriEmCasa

Publicado por Sustenidos em Quarta-feira, 3 de junho de 2020

Através da interpretação e também comentários, Paulo fará um panorama de grandes figuras da história do violão, como: Fernando Sor, Francisco Tárrega, Heitor Villa Lobos, entre outros.

Violonista formado pelo Conservatório Brasileiro de Música no Rio de Janeiro-RJ, Paulo atua como concertista e ministra aulas particulares de violão e também é Educador Musical, no Projeto Guri, Regional Araçatuba, onde também é regente do GR (Grupo de Referência) Camerata de Violões.

29/05/2020 – 15h – Rafa Leme apresenta “Prática da Linguagem da Música Brasileira na Música Popular”

Prática da Linguagem da Música Brasileira na Música Popular – Rafa Leme

A “Prática da Linguagem da Música Brasileira na Música Popular” será o tema da live desta sexta-feira, 29 de maio, às 15h. E quem apresenta é Rafa Leme, multi-instrumentista, compositor, escritor e Supervisor Educacional da Sustenidos na região de Ribeirão Preto desde 2011. O evento será no Facebook da Sustenidos.Marque a sua presença clicando no botão "Receber lembrete": https://bit.ly/sustenidoslivesVenha conversar e interagir. Sua participação é essencial!Prestigie!Conheça mais sobre o artista:Instagram: www.instagram.com/rafalemeoficialFacebook: https://www.facebook.com/rafaeljlemeYoutube: https://www.youtube.com/user/Rafael85264Site: www.rafaleme.com

Publicado por Sustenidos em Sexta-feira, 29 de maio de 2020

Rafa Leme é multi-instrumentista, compositor, escritor e Supervisor Educacional da Sustenidos na região de Ribeirão Preto desde 2011.

27/05/2020 – 15h – Magda Pucci apresenta “Diversidade da música indígena brasileira”

https://www.facebook.com/Sustenidoscultura/videos/1381023078952087/

Magda Pucci, pesquisadora das músicas indígenas brasileiras, apresentará alguns conceitos básicos sobre a diversidade da música indígena brasileira e ideias de arranjos para diferentes formações para o repertório indígena. Serão abordados temas dos Ikolen-Gavião (RO), Paiter Suruí (RO), Guarani (SP), Kaiowá (MS) entre outros. Haverá também um espaço aberto para perguntas dos internautas e professores.

Graduada em Regência pela ECA-USP, Mestre em Antropologia pela PUC-SP e doutora em Artistic Research pela Academia de Performance and Artes Criativas da Universidade de Leiden, na Holanda. Magda é pesquisadora das músicas de vários povos desde 1995, antropóloga, compositora, cantora e diretora musical do Mawaca, grupo de São Paulo que recria músicas de diferentes tradições do mundo. Realizou diversos intercâmbios musicais com os grupos indígenas. É autora de livros para professores e crianças com temáticas multiculturais. Criou o projeto didático ‘Cantos da Floresta – iniciação ao universo musical indígena’ com Berenice de Almeida.

22/05/2020 – 15h – Paulo Salmaci apresenta “Instrumentos musicais feitos de sucata”

#VamosDeMúsica – Live – Paulo Salmaci

Paulo Salmaci traz o tema “Instrumentos musicais feitos de sucata”, mostrando os instrumentos musicais feitos de materiais reutilizáveis que fazem parte do grupo artístico Rádio Sucata. A apresentação será nesta sexta-feira, 22 de maio, a partir das 15h.Venha os materiais, as técnicas de confecção e os timbres resultantes do uso de diversos materiais.Salmaci atua como educador musical no Projeto Guri desde 2010, como luthier desde 2013 e como pesquisador teórico de timbres de instrumentos musicais desde 2018. É diretor geral do grupo artístico Rádio Sucata, no qual exerce também as funções de músico, luthier e compositor.O evento será no Facebook da Sustenidos.Marque a sua presença clicando no botão "Receber lembrete": https://bit.ly/sustenidoslivesVenha conversar e interagir com o músico. Sua participação é essencial!Prestigie!Conheça mais sobre o artista:Site: https://radiosucata.com.br/YouTube: https://www.youtube.com/radiosucataFacebook: https://www.facebook.com/radiosucata Instagram: https://www.instagram.com/radiosucata/#VamosDeMúsica#CulturaEmCasa#ProjetoGuriEmCasa

Publicado por Sustenidos em Sexta-feira, 22 de maio de 2020

Em sua apresentação, Paulo Salmaci vai mostrar os instrumentos musicais feitos de materiais reutilizáveis que fazem parte do grupo artístico Rádio Sucata. Nessa apresentação você vai conhecer sobre os materiais empregados, as técnicas de confecção, os timbres resultantes e possíveis utilizações práticas.

Músico graduado pela Unicamp, com especialização em bateria e percussão. já estudou no Conservatório de Tatuí e na ULM ( atual Emesp). Atua como instrumentista desde 1998, como educador musical no Projeto Guri desde 2010, como luthier desde 2013 e como pesquisador teórico de timbres de instrumentos musicais desde 2018. É diretor geral do grupo artístico Rádio Sucata, no qual exerce também as funções de músico, luthier e compositor.

20/05/2020 – 15h – André Grella apresenta “Piano e improvisação”

#VamosDeMúsia – Live – André Grella

André Grella apresenta a live “Piano e improvisação”, nesta quarta-feira, 20 de maio, a partir das 15h. O músico é formado em piano popular e erudito pelo Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos”, de Tatuí e atuou em diversas turnês nacionais e internacionais.Desde 2011, André atua como auxiliar artístico pedagógico no Projeto Guri, no momento trabalha no Polo Piracicaba. O seu trabalho tem como foco a música instrumental brasileira.O evento será no Facebook da Sustenidos. Marque a sua presença clicando no botão "Receber lembrete": https://bit.ly/sustenidoslivesVenha conversar e interagir com o músico. Sua participação é essencial!Prestigie!Conheça mais sobre o artista:instagram: @andregrellafacebook https://www.facebook.com/andregrellapiano/youtube: https://www.youtube.com/user/andregrellapiano#CulturaEmCasa#ProjetoGuriEmCasa

Publicado por Sustenidos em Quarta-feira, 20 de maio de 2020

Natural de Piracicaba-SP, André Grella é formado em piano popular e erudito pelo Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos” de Tatuí. Em 2010, participou de turnê pelo nordeste com o Fábio Leal Quarteto, e do XVI Seminário Internacional de Música Yamaha na Colômbia, tocando com o saxofonista e compositor Hudson Nogueira e com a Orquestra Latinoamericana de Vientos O.L.V. Foi bolsista da Cambanda Jazz Combo do conservatório de Tatuí e, em 2012, participou de uma turnê com Fábio Leal. Em 2014 fez uma temporada solo de dois meses na Suécia e Finlândia com o show “Piano Brasileiro”.

É graduado em Educação Musical pela UFSCar, e atua como integrante dos grupos: Trio Jabour, Fábio Leal Quarteto, Carrapicho Quarteto, Orquestra “Vintena Brasileira” e André Grella Trio. O seu trabalho tem como foco a música instrumental brasileira.

Desde 2011, André atua como auxiliar artístico pedagógico no Projeto Guri, no momento trabalha no Polo Piracicaba.

15/05/2020 – 15h – Paulo Ronqui apresenta “Repertório paulista para trompete solo: interpretação e comentários”

#VamosDeMúsica – Live “Repertório paulista para trompete solo: interpretação e comentários”, com Paulo Ronqui

Quer tocar trompete com uma base bem sólida? Nesta sexta-feira (15), às 15h, o trompetista Paulo Ronqui participará da nossa live trazendo o tema “Repertório paulista para trompete solo: interpretação e comentários”. A apresentação será no Facebook da Sustenidos. Marque a sua presença clicando no botão "Receber lembrete": https://bit.ly/sustenidoslivesO evento é interativo. Sua participação é essencial!Prestigie!#CulturaEmCasa#ProjetoGuriEmCasaConheça mais sobre o artista:Facebook: https://www.facebook.com/pauloadriano.ronquiInstagram: @p_ronquiSpotify: https://open.spotify.com/artist/3I2bJOdJGnySdCT2H9GpeD#CulturaEmCasa#ProjetoGuriEmCasa

Publicado por Sustenidos em Sexta-feira, 15 de maio de 2020

Paulo é professor de Trompete e Música de Câmara do Instituto de Artes da Unicamp, também atua como Docente Pleno do Programa de Pós-Graduação em Música na área de Práticas Interpretativas nessa instituição. Atualmente exerce o cargo de Diretor do Instituto de Artes da Unicamp.

13/05/2020 – 15h – Fabio Presgrave apresenta “Aspectos da técnica do arco para instrumentistas de corda”

#VamosDeMúsica – Live com Fabio Presgrave

#VamosDeMúsica – Live com Fabio PresgraveNesta quarta-feira, 13 de maio, a partir das 15h, acompanhe mais uma live da Sustenidos. O violoncelista Fabio Presgrave apresenta o tema “Aspectos da técnica do arco para instrumentistas de corda”. Fabio é professor de Violoncelo da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRG), Bacharel e Mestre pela Juilliard School, Doutor pela UNICAMP. O músico também é solista nas orquestras Qatar Philarmonic, Orquestra Filarmônica de Rosário (Argentina), Orquestra Sinfônicas Brasileira, entre outras.Marque a sua presença clicando no botão "Receber lembrete": https://bit.ly/sustenidoslivesO evento é interativo. Sua participação é essencial!Prestigie!#CulturaEmCasa#ProjetoGuriEmCasaConheça mais sobre o artista:https://www.facebook.com/fabio.presgravehttps://www.instagram.com/presgravefabio/www.fabiopresgrave.comhttps://www.youtube.com/channel/UCTJf-kpjJHGzquFhNGcbKTg

Publicado por Sustenidos em Quarta-feira, 13 de maio de 2020

Professor de Violoncelo da UFRN. Coordenador do PPGMUs. Bacharel e Mestre pela Juilliard School, Doutor pela UNICAMP. Solista com orquestras como Qatar Philarmonic, Orquestra Filarmônica de Rosário (Argentina), Orquestra Sinfônicas Brasileira , OSPA, OSBA, Paraná, Minas Gerais entre outras.

Michel Vicentine é mestre em educação, neuropsicopedagogo clínico, especialista em alfabetização, letramento e neurociência, licenciado em música pela UFSCar e pedagogo pela Faculdade Paulista de Educação e Comunicação. Autor do livro “A música e o processo educativo” – Editora Loyola, também é professor de educação musical do município de Araçariguama – SP, supervisor educacional do Projeto Guri e professor universitário pela Faculdade CENSUPEG. Thiago Vieira é educador musical, pedagogo, percussionista e artista plástico.

08/05/2020 – 15h – Michel Vicentine apresenta “SentirPensar – Há música em todo lugar”, com participação especial de Thiago Vieira

#VamosdeMúsica – Live SentirPensar – Há música em todo lugar

Brincadeiras musicais, lenga-lengas, jogos de corpo, voz e movimento, histórias animadas e muita diversão. Tudo isso você vai encontrar na live “SentirPensar – Há música em todo lugar”, sexta-feira, dia 8 de maio, às 15h, com Michel Vicentine e participação especial de Thiago Vieira. Na live, teremos atividades e brincadeiras para o fazer musical em casa. Vamos aprender, de forma criativa, que podemos vencer a monotonia do tão necessário “ficar em casa”.Marque a sua presença clicando no botão "Receber lembrete": https://bit.ly/sustenidoslivesO evento é interativo. Sua participação é essencial!Prestigie!#CulturaEmCasa#ProjetoGuriEmCasaConheça mais sobre os partipantes: Michel Vicentine é Mestre em Educação, Neuropsicopedagogo Clinico, Especialista em Alfabetização, Letramento e Neurociência, Licenciado em Música pela UFSCar e Pedagogo pela Faculdade Paulista de Educação e Comunicação. Thiago Vieira é Educador Musical, Pedagogo, Percussionista e Artista Plástico.https://www.facebook.com/sentirpensaroficial/Instagram – @espacosentirpensaYouTube: youtube.com/espacosentirpensar Seite oficial: www.sentirpensar.com.br

Publicado por Sustenidos em Sexta-feira, 8 de maio de 2020

Brincadeiras Musicais, Lenga-lengas, jogos de corpo, voz e movimento, histórias animadas e muita diversão. A live “SentirPensar – Há música em todo lugar” apresentará diversas atividades e brincadeiras para o fazer musical em casa. A proposta terá um enredo discursivo que dialoga com o isolamento social e como, de forma criativa, podemos vencer a monotonia do tão necessário “ficar em casa”.

06/05/2020 – 15h – Luiz Fidalgo apresenta “Guitarra Solo Brasileira”

#VamosDeMúsica – Live com Luiz Fidalgo

#VamosDeMúsica – Live com Luiz FidalgoNesta quarta-feira, dia 6 de maio, às 15h, mais uma live imperdível da Sustenidos! E o tema será “Guitarra solo brasileira”, com a apresentação de Luiz Fidalgo, multi-instrumentista de cordas, arranjador e compositor com ênfase na música instrumental brasileira e no jazz.No evento, o artista fará um pequeno giro intimista pelo território elétrico das seis cordas adentradas na cultura musical brasileira.Marque a sua presença clicando no botão "Receber lembrete": https://bit.ly/sustenidoslivesO evento é interativo. Sua participação é essencial!Prestigie!#CulturaEmCasa#ProjetoGuriEmCasa

Publicado por Sustenidos em Quarta-feira, 6 de maio de 2020

Luiz Fidalgo é coordenador da área de cordas no projeto Guri. Multi-instrumentista de cordas formado pela FPA e ULM, mestrando em música pela Unicamp, já atuou com diversas expressões e artistas. É arranjador e compositor com ênfase na música instrumental brasileira e no jazz. Em sua apresentação, o artista fará um pequeno giro intimista pelo território elétrico das seis cordas adentrado na cultura musical brasileira.

01/05/2020 – 15h – Anderson Menezes apresenta “O Clarinete e Sua Versatilidade”

#VamosDeMúsica – Anderson Menezes: O Clarinete e Sua Versatilidade

#VamosDeMúsica – Anderson Menezes: O Clarinete e Sua VersatilidadeNesta sexta-feira, 1 de maio, às 15h, não perca mais uma live da Sustenidos!O tema será “O Clarinete e Sua Versatilidade”, e vai ser apresentado por Anderson Menezes, vencedor do 16º Prêmio Nabor Pires Camargo de música brasileira e membro de diversos grupos orquestrais em São Paulo e interior, como a Orquestra Sinfônica de São José dos Campos e Orquestra Jazz Sinfônica do Estado de São Paulo (Jazz Sinfônica Brasil).Marque a sua presença clicando no botão "Receber lembrete": https://bit.ly/sustenidoslivesO evento é interativo. Sua participação é essencial!Prestigie!Conheça o trabalho do artista:Links para página do Facebook:https://www.facebook.com/andersonmemail.menezaoInstagram:https://www.instagram.com/andersonmenezes80/?hl=pt-brYouTube:www.youtube.com/user/andersonmenezes2009#CulturaEmCasa#SustenidosCultura#ProjetoGuriEmCasa

Publicado por Sustenidos em Sexta-feira, 1 de maio de 2020

Músico clarinetista e claronista, licenciado pela Universidade Metropolitana de Santos, vencedor do 16º Prêmio Nabor Pires Camargo de música brasileira, foi membro de diversos grupos orquestrais em São Paulo e interior, como a Orquestra Sinfônica de São José dos Campos e Orquestra Jazz Sinfônica do Estado de São Paulo (Jazz Sinfônica Brasil), também Músico da Força Aérea Brasileira e membro do Quarteto de Clarinetes Nó na Madeira.

29/04/2020 – 15h – Alexandre Brunelli conversa sobre Manutenção e cuidados básicos caseiros de um instrumento musical de cordas

#VamosDeMúsica – Alexandre Brunelli

#VamosDeMúsica Nesta quarta-feira, 29 de abril, às 15h, o professor do Polo de Lutheria do Projeto Guri em Franca, Alexandre Brunelli, apresenta a live “Manutenção e cuidados básicos caseiros de um instrumento musical de cordas”. Marque a sua presença clicando no botão "Receber lembrete": https://bit.ly/sustenidoslivesO evento é interatividade. Sua participação é essencial!Prestigie! Sobre o convidado: Alexandre é luthier profissional desde de 2010, trabalhando nas áreas de manutenção, restauração, customização e construção de instrumentos musicais de cordas.É responsável por um dos maiores canais de Lutheria do Youtube (Canal Luthier em Ação). Também trabalha com assistência técnica das principais marcas internacionais de instrumentos de cordas.Youtube: Luthier em ação – https://www.youtube.com/channel/UCUKLVP-lZVhYsEE0o9TuH3Q?view_as=subscriber Intagram: @luthieriabrunelliFacebook: https://pt-br.facebook.com/luthieriabrunelli#CulturEmCasa#SustenidosCultura

Publicado por Sustenidos em Quarta-feira, 29 de abril de 2020

Alexandre é luthier profissional desde de 2010, trabalhando nas áreas de manutenção, restauração, customização e construção de instrumentos musicais de cordas.

Professor do polo de Lutheria do Projeto Guri em Franca, é responsável por um dos maiores canais de Lutheria do Youtube (Canal Luthier em Ação)
Alexandre faz assistência técnica das principais marcas internacionais de instrumentos de cordas.

24/04/2020 – 15h – Cia. Cabelo de Maria apresenta Ping Pong

#VamosDeMúsica – Cia Cabelo de Maria

#VamosDeMúsica Sexta-feira (24/4), às 15h, tem live com a Cia Cabelo de Maria, na página do Facebook da Sustenidos! https://bit.ly/sustenidoslivesRenata Mattar (sanfona e voz) e Gustavo Finkler (violão e voz) fazem uma apresentação misturando vários ritmos e estilos da música regional com muito realismo fantástico, folclore brasileiro e humor.Nas canções, personagens bem diferentes como uma centopeia que tem uma perna mais curta que as outras; uma menina que sabe criar ventos, ventinhos e ventanias; um menino que só encontra satisfação ao jogar xadrez; uma mula sem cabeça que não tem problemas, afinal, não tem cabeça; um garoto que é o sétimo filho depois de seis irmãs e que, portanto, torna-se lobisomem nas noites de lua cheia da quaresma, entre outras, que promovem a alegria da pluralidade.A live é interativa. Por isso, a participação do público é essencial. Venha se divertir com a gente! Cnheça o trabalho dos artistas: https://www.youtube.com/results?search_query=cia+cabelo+de+maria https://www.facebook.com/cabelodemaria/https://www.instagram.com/ciacabelodemaria/ #CulturEmCasa#SustenidosCultura

Publicado por Sustenidos em Sexta-feira, 24 de abril de 2020

Misturando vários ritmos e estilos da música regional (tão característica dos seus outros trabalhos) com o realismo fantástico, o folclore brasileiro e o humor, Ping Pong trabalha a diversidade de várias maneiras.
As canções falam de personagens que são “diferentes”: uma centopeia que tem uma perna mais curta que as outras; uma menina que sabe criar ventos, ventinhos e ventanias; um menino que só encontra satisfação ao jogar xadrez; uma mula sem cabeça que não tem problemas, afinal, não tem cabeça; um garoto que é o sétimo filho depois de seis irmãs e que, portanto, torna-se lobisomem nas noites de lua cheia da quaresma, entre outras, que promovem a alegria da pluralidade.
Como é de costume, o novo show da Cia Cabelo de Maria também conta com a interatividade. As participações do público são freqüentes e sempre divertidas.

Renata Mattar e Gustavo Finkler têm uma longa estrada permeada de trabalhos voltados ao público infantil. Renata atuou no grupo Palavra Cantada (SP) e Gustavo é fundador do grupo Cuidado Que Mancha (RS). Desde 2007 unidos na Cia Cabelo de Maria, criaram os espetáculos “São João do Carneirinho”, “A Palavra é”, “Imbalança Eu Caio”, “POIN – Pequena Orquestra Interativa” e “Ping Pong”, todos voltados às crianças.

22/04/2020 – 15h – Julio Cesar apresenta Utilização de Padrões Rítmicos Eficazes no Conjunto Percussivo

https://www.facebook.com/Sustenidoscultura/videos/805622076513798/?v=805622076513798

Percussionista, produtor musical e apresentador do programa de entrevistas Conversa No Batuque, Julio Cesar já tocou ao lado de importantes figuras do cenário musical, Arturo Sandoval, Living Colour, Yoko Ono, Filó Machado, Eduardo Gudin, André Mehmari, Sílvia Góes, Arismar do Espírito Santo,Yamandú Costa, Vinícius Dorin, François Lima, Laércio de Freitas, Benjamim Taubkin, Madhup Mudgal (Índia), Dona Ivone Lara, Maria Bethânia, Jair Rodrigues, Luciana Mello, Jonny Alf, João Donato, Thaíde, Zeca Pagodinho, Luis Carlos da Vila, Zé Renato, Cristina Buarque, Roberta Miranda, Reinaldo, Germano Mathias, Roberto Silva, Wilson Moreira, Fabiana Cozza, Ney Lopes, Nelson Sargento, Leci Brandão, Royce do Cavaco, Almir Guineto, Moacyr Luz, Celso Viáfora, Ná Ozzeti, Rildo Hora, Neguinho da Beija Flor, Noca da Portela, Thobias da Vai-Vai, Tony Tornado, Demônios da Garoa, Emicida entre outros. Ministra aulas e oficinas de percussão desde 1998. Atualmente vem tocando e gravando com diversos artistas brasileiros e produzindo o seu próprio trabalho autoral.

17/04/2020 – 15h – Estêvão Marques apresenta A dança percussiva das colheres

https://www.facebook.com/Sustenidoscultura/videos/909858836140435/

Sim, vamos dançar com as colheres! Este simples objeto que usamos para comer é um instrumento percussivo popular em diversos lugares do mundo: Espanha, Turquia, Canadá, Colômbia, Irlanda, Rússia… Vamos tocar as colheres usando todo o nosso corpo como um instrumento musical. Cada dança que vamos aprender contem técnicas colherísticas tradicionais de inúmeros países. Muito bem, bem bem,… agora é só pegar tudo isso, temperar com a nossa musicalidade brasileira e bom apetite!

Estêvão Marques é formado em música. Professor no The San Francisco International Orff Course, nos Estados Unidos. Ministrou oficinas na Turquia, Colômbia, Argentina, Uruguai, Espanha, Finlândia, Tailândia, Portugal, Holanda, Áustria, Noruega, Hong Kong, Taiwan e Itália. Autor de 17 livros dentre eles a coleção de livros “Historias que cantam” é Coautor da coleção de livros Brincadeiras e brincadeirinhas musicais da Palavra Cantada. Diretor musical do CD/livro Muitas coisas, poucas palavras, de Francisco Marques (Chico dos Bonecos). Criador do curso online “Baile do Colherim”. Autor dos livros Musicais Colherim e Brasil for Children. Contador de histórias, fundador do Grupo Triii e já tocou com Palavra Cantada, Chico César, Antônio Nóbrega e com o grupo Barbatuques.

15/04/2020 – 15h – Rafael Cardoso

#VamosDeMúsica – “Música Latino-Americana Para Violão”, com Rafael Cardoso.

Nesta quarta-feira, dia 15 de abril, a partir das 15h, participe da live “Música Latino-Americana Para Violão”, com o violonista Rafael Cardoso.O público vai interagir com o músico, que atua amplamente na área da educação musical, pelo Projeto Guri, onde é supervisor educacional da regional Jundiaí, além de realizar um trabalho como educador e regente no grupo Raízes de Atibaia.Em seu currículo, trabalhos com a Confraria do Choro, Altemar Dutra Júnior, com a Banda Sinfônica do Estado de São Paulo, além de responsável pelos arranjos para violão e contrabaixo da “Série Brasileira”, de Edmundo Vilani Cortês, tema de seu mestrado na UNICAMP.Desde 2006, mantém uma parceria de sucesso com o contrabaixista Pedro Macedo. Recentemente Rafael lançou o álbum INSPIRAÇÕES (2018), com músicas autorais para violão solo e participação de Badi Assad.Fique em casa e prestigie!#CulturaEmCasa#SustenidosCultura

Publicado por Sustenidos em Quarta-feira, 15 de abril de 2020

Discípulo de nomes de peso do violão brasileiro e latinoamericano como Juan Falu, Lucio Yanel, Marcos Murilo e Henrique Pinto, Rafael Cardoso atua amplamente na área da educação musical, pelo projeto Guri, onde é supervisor educacional da regional Jundiaí, realizando a gestão e formação de educadores musicais em mais de vinte municípios. Realiza também um trabalho como educador e regente do grupo Raízes de Atibaia. Tem em seu currículo trabalhos com a Confraria do Choro, Altemar Dutra Júnior, com a Banda Sinfônica do Estado de São Paulo e foi o responsável pelos arranjos para violão e contrabaixo da “Série Brasileira”, de Edmundo Vilani Cortês, tema de seu mestrado na UNICAMP. Desde 2006, o violonista mantém uma parceria de sucesso com o contrabaixista Pedro Macedo. Recentemente Rafael lançou o álbum INSPIRAÇÕES (2018), com musicas autorais para violão solo e participação de Badi Assad.

10/04/2020 – 15h – André Gusttavo

#VamoDeMúsica – André Gusttavo

Oriundo de uma família totalmente musical, André começou na música aos 8 anos de idade. Seu trabalho tem foco na música instrumental brasileira, com traços do Jazz, música universal e música caipira. O guitarrista tem como referências Hermeto Pascoal,Tom Jobim ,Hélio Delmiro e Charlie Parker.

Publicado por Sustenidos em Sexta-feira, 10 de abril de 2020

Oriundo de uma família totalmente musical, André começou na música aos 8 anos de idade. Seu trabalho tem foco na música instrumental brasileira, com traços do Jazz, música universal e música caipira. O guitarrista tem como referências Hermeto Pascoal,Tom Jobim ,Hélio Delmiro e Charlie Parker.

08/04/2020 – 15h – Música africana

#VAMOSDEMÚSICA – Música e dança africana

Chisomo Chimoto do Malawi, Elidio Mangane de Moçambique, Francis Jimmy Thera do Malawi e Khalusa Bandaleao de Moçambique são intercambistas internacionais do Move 2019 no Brasil. Os quatro jovens, vindos de diversas cidades e regiões do Malawi e Moçambique, têm grande vivência musical e cultural e são atuantes músicos em seus países de origem.

Publicado por Sustenidos em Quarta-feira, 8 de abril de 2020

Chisomo Chimoto do Malawi, Elidio Mangane de Moçambique, Francis Jimmy Thera do Malawi e Khalusa Bandaleao de Moçambique são intercambistas internacionais do Move 2019 no Brasil. Os quatro jovens, vindos de diversas cidades e regiões do Malawi e Moçambique, têm grande vivência musical e cultural e são atuantes músicos em seus países de origem. Todos eles cantam, tocam instrumentos e dançam muito bem. Com formação individual diversificada, os jovens do grupo se conheceram no intercâmbio Move, em 2019. No Brasil, desenvolveram e participaram de inúmeras atividades e foram responsáveis pela elaboração de belos arranjos e composições, trazendo ao público do Projeto Guri a diversidade de ritmos e músicas tradicionais africanas, além de releituras de world music. Também mostraram ao público as danças africanas, em vários estilos, que foram organizadas em formato de aulas práticas gratuitas, na cidade de Marília.

03/04/2020 – 17h – Lau e Eu

Lau e Eu

Lau e Eu.

Publicado por Sustenidos em Sexta-feira, 3 de abril de 2020

Lau foi ganhador do Festival Imagine Brazil por três anos consecutivos, na live ele apresenta seu projeto musical independente nascido em Aracaju/2015, criado em São Paulo desde 2017.

01/04/2020 – 15h – Rafael Soares

RAFAEL SOARES – VILLA-LOBOS E SEUS 5 PRELÚDIOS

Publicado por Sustenidos em Quarta-feira, 1 de abril de 2020

O violonista Rafael Soares apresenta “Villa-Lobos e seus 5 prelúdios”. O jovem estudou por oito anos no Projeto Guri do Polo Álvaro de Carvalho e foi educador do Polo Sabino e da Escola Municipal de Educação Infantil. Participou de diversos festivais, como o Imagine Brazil, ao lado de Jair Martins, parceiro no Duo Martins Soares. Recentemente, retornou do intercâmbio cultural em Moçambique realizado pelo MOVE programa criado pela JM Norway em parceria com a Sustenidos.

Naipe do dia

Você também poderá conhecer ou aprender mais sobre um naipe musical diferente em cada dia da semana. Na segunda-feira, por exemplo, os instrumentos de ‘sopro’ estarão em destaque. Na terça-feira será a vez do naipe de cordas dedilhadas. Na quarta-feira, o grupo de cordas friccionadas. Quinta-feira, percussão. E sexta-feira, ênfase no trabalho de canto coral.

De Criança para Criança

Para as crianças, há também os vídeos desenvolvidos pela plataforma De Criança para Criança que inclui desenhos sonorizados em parceria com o Projeto Guri. 

A Guerreira Anahi

Animação integralmente produzida por alunos de iniciação musical e educadores do Polo Regional Jundiaí. A narrativa retrata a saga de uma índia para superar as aflições que tomam contam de sua mente.

Preguiça 

Integrante da série “Sentimentos e Emoções”, o episódio foi sonorizado por alunos da turma de violão do Polo Piracaia.

O Enigma

A animação sonorizada por alunos de acordeon do Polo Severínia retrata a importância dos amigos e da família.

O que é Amizade

Com texto simples e delicado, a narradora conta que “amizade é quando você tem o coração apertado, mas tem alguém para ajudar…”. Com alunos de teclado do Polo Regional Araçatuba.

A Menina e a Flauta

História criada por Maria Julia Araujo Freitas e Sofia Rabello Lima, a partir do livro “A Casa Mal Assombrada. Sonorização das alunas do curso de madeira do Polo Sandovalina, sob a supervisão da educadora Fabiana Vieira.

O Pescador

Trama muito divertida, narrada pelo criativo menino Renato. Com o grupo de prática de conjunto do Polo Regional São José dos Campos e o grupo de choro do Polo Dom Pedro.

Uma Noite de Halloween

Com bruxas do bem, sonorização rica em detalhes é assinada por alunos o curso de iniciação musical do Polo Ourinhos.

Na Fazenda da Vovó

Aventura na casa do vovô Zeca e da vovó Teresa. Com alunos da turma de Percussão Polo Sarutaia.

Viagem ao Mundo Novo

Duas crianças, Ana e Joaquim, embarcam em uma viagem pelo Atlântico.  Com os alunos de cordas friccionadas do Polo Guaratinguetá.

A Menina de Preto

Uma história sobre bullying e como lidar com ele. Com alunos do curso de teclas do Polo Regional Araçatuba.

A Ideia de Lobinho

Com alunos do curso de sopro do Polo São Vicente, sob a supervisão do educador Rodrigo Vilela. Episódio inspirado no primeiro objetivo de sustentabilidade da ONU: ‘erradicação da pobreza’.

O Campeonato de Videogame

Com alunos de iniciação musical do Polo Capela do Alto, sob a supervisão da educadora Camila Magnani. Episódio inspirado no quinto objetivo da ONU: ‘igualdade de gênero’.

A História das Histórias

Com alunos dos cursos de violão e percussão do Polo São Luis do Paraitinga, sob a supervisão do educador João Gaspar. Lenda indígena.

O Aluno Morcego

Com alunos do curso de percussão do Polo Itanhaém, sob a supervisão do educador Israel Henrique Santos. Episódio inspirado no quarto objetivo da ONU: ‘educação de qualidade’.

Espetáculos

Calungá – O Mar que Separa é o Mar que Une

‘Calungá’, palavra de origem africana que quer dizer travessia por mar, é o nome do espetáculo apresentado pelo Projeto Guri em dezembro de 2012, no Teatro Sergio Cardoso, com o percussionista Naná Vasconcelos. A apresentação marcou o lançamento do DVD “Calungá – O mar que separa é o mar que une” gravado no Auditório Ibirapuera, no dia 13 de julho daquele ano. Participaram do projeto 39 guris das cidades de Cerquilho, Guareí, Ibiuna, Itú, Piedade, Pilar do Sul, Salto, São Roque e Sorocaba (todos integrantes do Grupo de Referência de Sorocaba).

Lendas Amazônicas

Concebido por Aimar de Noronha Santinho, o espetáculo ‘Lendas Amazônicas’ conta a história de um amor proibido entre um caboclo e a filha do fazendeiro. A narrativa – interpretada pelos alunos dos Grupos de Referência de Jundiaí, Franca e Lorena do Guri – é embalada por obras de Waldemar Henrique e Villa-Lobos, com arranjos de Fernando Correa, sob a regência de André Sanches e dramaturgia Paulo Rogério Lopes. 

Spotify

Siga o canal do Projeto Guri no Spotify, lá você encontra playlists temáticas e podcasts produzidos pelos alunos e alunas!

Grupos de Referência

Os Grupos de Referência são uma oportunidade para jovens em estágio mais avançado de aprendizagem de aprimorar seu conhecimento musical, melhorar suas técnicas, refinar seu repertório e participar de diversas atividades e eventos que proporcionam a troca de experiência com estudantes de diferentes polos, músicos e regentes de grande destaque nacional e internacional.

Camerata de Violões – O Grande Circo Místico

A apresentação mostra a união entre a trupe Os Sem Rotunda e o Grupo de Referência de Santos – Camerata de Violões. No espetáculo, uma releitura do disco “O Grande Circo Místico”, de Edu Lobo e Chico Buarque.

Big Band e Letieres Leite

Na apresentação, realizada no Centro Cultural São Paulo, em 2028, osalunos do Grupo de Referência de São Carlos – Big Band tocaram com Letieres Leite, músico, educador, compositor e arranjador brasileiro.

Coro e Percussão, com Gabriel Levy e Tião Carvalho

Percussão e Luiz Guello

Em novembro de 2017, o percussionista Luiz Guello fez um grande show com o Grupo de Referência de Ourinhos.

Guri Convida – 15 anos do Projeto Guri

Sob a regência e orientação dos educadores musicais da Sustenidos Organização Social de Cultura (gestora de polos do Projeto Guri), 125 alunos dividiram o palco com os músicos Fernanda Takai, Antônio Pinto, Beto Villares, Andreia Dias, Anelis Assumpção, Iara Rennó, Rappin Hood e Maurício Pereira. Clique aqui para ouvir.

Livros didáticos

Para quem deseja acessar os livros didáticos do Projeto Guri, a organização oferece materiais exclusivos para alunos e educadores. O download gratuito dos materiais didáticos está disponível no site do Projeto Guri. Existem vários títulos disponíveis para baixar e aprender ou aprimorar o conhecimento em determinado instrumento.